Marcadores

sexta-feira, agosto 24, 2012

RIONEGRO E SOLIMOES(BIOGRAFIA)











                                              BIOGRAFIA
O nome de batismo da dupla foi inspirado no belo efeito do encontro das águas dos rios Negro e Solimões, que causam o fenômeno da pororoca. Assim, José Divino e Luiz Felizardo tornaram-se Rionegro & Solimões. 

A história da dupla começa na cidade de Claraval, interior de Minas Gerais. Em um caminho traçado pelo destino, os dois amigos se conheceram em uma indústria de calçados, em Franca (SP). José Divino e Luiz Felizardo sabiam que suas vozes combinavam e sonhavam conquistar o coração das pessoas com suas músicas.

De viola em punho, Rionegro & Solimões fizeram o exaustivo, porém gratificante circuito que percorre de quermesses a bailes na roça, de chacrinhas a botecos, até chegarem às tão sonhadas festas agropecuárias. Durante essa trajetória, o talento dos dois como compositores já estava na boca do povão, com o sucesso de suas músicas.

AQUI UMA HOMENAGEM DE ROIDRIGO FARO h
apresentador Rodrigo Faro (37) fará uma homenagem especial para a dupla sertaneja Rionegro e Solimões em seu programa O Melhor do Brasil, da Record. Ele e o anão Pirulito interpretarão os dois cantores no palco da atração. Os artistas reais também estarão no palco para conferir a performance do apresentador. Rodrigo dublará as canções Bate o Pé, A Gente se Entrega e Na Sola da Bota.
No programa, Faro ainda receberá Marcos Mion (32), Cristiana Arcangeli (49), Luiza Tomé (47) e Anderson Silva (36) no quadro Foras e Turos.
A atração vai ao ar aos sábados, às 17h30.
 

Mas, a hora da dupla estava para chegar. Depois de muita luta e dificuldades, Rionegro & Solimões gravaram o primeiro de uma série de discos de sucesso. 

Hoje, a dupla reescreve o conceito e o estilo do moderno sertanejo, com suas músicas contagiantes. Já são 17 anos de carreira, 10 CDs, 2 DVDs e mais coletâneas ultrapassando a marca de 6 milhões de cópias vendidas ao longo da carreira.


A dupla é uma das mais recordistas de público, principalmente nas cidades de Divinópolis (MG), Brasília (DF), Barretos (SP), Osasco (SP) e Americana (SP). A simplicidade e simpatia também são marcas registrada dessa dupla mineira que conquistou o Brasil de norte a sul.

Depois de reunir mais de 150 mil pessoas na arena da Festa do Peão de Barretos-SP, em 2005, a dupla conquistou ainda mais notoriedade entre o público e a mídia.

O sucesso "Na Sola da Bota", por exemplo, ganhou o Troféu Arena de Ouro 2003 e fez parte da trilha sonora da novela América, exibida pela Rede Globo. Além disso, Rionegro & Solimões foram eleitos como os Melhores do Movimento Country 2005. Votação idealizada pelo Site Movimento Country. 

Rionegro & Solimões é uma das duplas recordistas nas exposições agropecuárias e festas de peão do país , reverenciados pelo enorme público e donos de um carisma e talento únicos. A dupla lota os shows pelas cidades de norte a sul do Brasil e reescrevem o conceito e o estilo do moderno sertanejo, com músicas românticas e contagiantes mostrando que a simplicidade da dupla é o segredo do sucesso!


                                                 Rionegro & Solimões
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
História

Dupla sertaneja formada por José Divino Neves, o Rionegro (nascido em 22 de fevereiro de 1962, em Claraval) e Luiz Felizardo, o Solimões (nascido em 12 de abril de 1962, em Claraval), os dois cantores começaram suas apresentações em Franca, interior de São Paulo, em 1982. Amigos de infância, deixaram seus respectivos empregos em uma fábrica de sapatos onde trabalhavam juntos para se transformarem numa referência para a música sertaneja atual.


O nome da dupla quer dizer que "brasileiros são fortes" pois a inspiração direta veio do Rio Amazonas e seus dois afluentes principais, os Rio Negro e Rio Solimões. Rionegro e Solimões contam que foram inspirados pelos clássicos Tonico e Tinoco e Milionário e José Rico. Porém, as violas caipiras que os ídolos carregavam foram substituídas ao longo dos anos pelos violinos típicos do country norte-americano, enquanto os arranjos deixaram as toadas intimistas do seresteiros para se aproximar do pop, com uma variedade grande de estilos desfilando pelas músicas de cada álbum.
Discos de ouro, platina e diamante acabaram se tornando comuns ao longo dos anos. Da mesma maneira, as aparições em quadros dos populares como Programa do Ratinho, Domingão do Faustão, Raul Gil e Hebe. Rionegro e Solimões já alcançaram a impressionante média de 26 shows por mês, arrastando multidões de até 50 mil pessoas em turnês nacionais. Os maiores índices de público passam por cidades como Brasília, Londrina, Americana, Uberlândia, Franca e Barretos.

Entre os principais sucessos da dupla estão "De São Paulo a Belém", "Esperando na Janela", "Frio da Madrugada", "Bate o Pé", "Sola da Bota", "De Bem com a Vida", "Vida de Cão" entre diversas outras que caracterizam bem o "arrasta-country" pelo qual os dois são conhecidos.

1989 - Rionegro e Solimões: Volume 1
1991 - Rionegro e Solimões: Volume 2
1993 - Rionegro e Solimões: Volume 3
1995 - Rionegro e Solimões: Volume 4
1997 - Rionegro e Solimões: Volume 5
1998 - O Amor Supera Tudo
1999 - Bate o Pé
2000 - Bailão do Rionegro e Solimões
2000 - Bate o Pé - Ao Vivo

2001 - Só Alegria
2002 - Ensaio Acústico
2003 - Na Sola da Bota
2004 - De Bem com a Vida - Ao Vivo
2005 - O Grito da Galera
2006 - Clube do Batidão
2007 - Do Jeito da Gente
2008 - Arrastão

2011 - Virou Festa
2012 - Seria perfeito