Marcadores

quinta-feira, setembro 05, 2013

Biografia,Lionel Messi final(jogador de bola)


Lionel Messi final
Após cumprir suspensão no jogo do final de semana pela La Liga, contra o Sporting de Gijón, Messi retornou no dia 7 de março, em jogo válido pelas oitavas-de-final Liga dos Campeões da UEFA, mais um espetáculo do Barcelona protagonizado por seu camisa 10. Após vencerem por 3-1 no jogo de ida realizado na Alemanha, o Barça fez 7-1 no Camp Nou, com cinco gols de Lionel Messi.55 No placar agregado, o Barcelona garantiu sua classificação por 10-2 (3-1 na ida, 7-1 na volta), e Messi quebrou mais alguns recordes. Tornou-se o primeiro jogador a marcar por mais de uma vez quatro gols numa única partida de Liga dos Campeões (a primeira havia sido em 6 de abril 2010, em partida contra o Arsenal), e posteriormente o primeiro a marcar cinco vezes numa mesma partida deste torneio. De quebra, ainda aproxima-se a passos largos para tornar-se o maior artilheiro em toda a história do FC Barcelona.

Ao fim do jogo, o treinador Pep Guardiola comentou que o trono do futebol mundial pertence a Lionel Messi e só mudará quando ele deixa-lo. O argentino ajudou o Barcelona a realizar um momento histórico, baseado no bom futebol apresentado nos últimos tempos, se classificou para as quartas de finais pelo quinto ano seguido, sendo semi finalista em duas e campeão nos anos de 2009 e 2011.56 Outro que comentou de Messi apontando vários elogios foi o zagueiro campeão mundial com a Alemanha, Franz Beckenbauer. Em uma entrevista cedida no dia 7 de Abril, o ex-zagueiro considera Messi um ser fantástico, reunindo qualidades de grandes jogadores antepassados como o compatriota Diego Maradona e Bobby Charlton, artilheiro da Inglaterra no ultimo século. 

Messi é um génio, tem tudo. Por um lado, é muito habilidoso e inteligente em campo, com um pé esquerdo semelhante ao de Maradona. Por outro, tem também coisas de Bobby Charlton, pois é um cavalheiro do qual nunca escutarás nada de negativo, nem dentro nem fora dos relvados    
— Franz Beckenbauer
Há três meses do fim da temporada européia, que geralmente finaliza-se no mês de junho, Messi superou sua marca na temporada 2009-10 no dia 7 de Março. Ao marcar o quinto gol diante do Bayer Leverkusen em jogo válido pela Liga dos Campeões, o argentino chegou ao seu gol de número 48 na temporada, já que na temporada anterior marcara 47 gols. Sua temporada com maior número de gols foi em 2010-11, quando marcou 53 tentos. Seu ex-companheiro de Barcelona e campeão da Liga dos Campeões de 2006, o português Deco, declarou que o Barcelona de hoje em dia sem Messi não seria o mesmo. Também considerou que Messi pode vir a ser o melhor jogador de todos os tempos.58 Os cinco gols marcados diante do Leverkusen impressionaram grandes futebolistas do mundo inteiro, entre eles, o atacante do Manchester United, Wayne Rooney, comentando que o jogador é uma piada, o melhor jogador dos tempos. Outros que o exaltaram foram os jogadores campeões com o Brasil na Copa do Mundo, Ronaldo e Rivaldo. O vice presidente do Milan, um dos maiores clubes da Itália, Adriano Galliani, comentou que testemunhou grandes craques do passado como Pelé, Maradona e até Alfredo Di Stéfano, mas que porém nenhum deles poderia ser comparado a Messi.

No dia 10 de Março, em uma enquete feita pelo jornal Marca, um dos mais famosos jornais europeus do mundo, Messi ficou como o melhor jogador de todos os tempos, recebendo uma quantia impressionante de 50.1% dos votos, aproximadamente 87 mil votos, desbancando Zidane, Maradona, Pelé, Cruyff e até mesmo Di Stéfano.60 Um dia mais tarde, em 11 de Março, Messi marcou dois gols na vitória sobre o Racing Santander fora de casa em jogo válido pelo Campeonato Espanhol. O primeiro deles em uma jogada iniciada por Xavi, que encontrou Fàbregas livre na ponta direita frente a frente com o goleiro, na finalização, o argentino colocou o pé abrindo o placar. O segundo foi em um polêmico pênalti envolvendo Fàbregas, na sequencia cobrou a penalidade com perfeição, no canto esquerdo do goleiro Mario Fernández e definindo a vitória. Os dois gols marcados por Messi o colocaram na história do futebol argentino, se tornando o primeiro jogador a marcar mais de 30 gols em três temporadas consecutivas. Também chegou a impressionante marca de 50 gols na temporada, há três de igualar seu recorde da temporada passada, considerada a melhor de sua carreira. Messi até aquele momento, estava há 6 gols de se tornar o maior artilheiro da história do Barcelona, prestes a superar César Rodríguez, grande ídolo do clube catalão na década de 50, falecido no ano de 1995.61 Com o resultado, o Barcelona chegava aos 60 pontos, continuando a ficar 10 pontos atrás do Real Madrid, que também venceria no fim de semana.

Camisa do Messi.
Em 12 de março, Lionel Messi realizou uma entrevista coletiva, e mostrou-se normal com a situação de estar prestes a se tornar o maior goleador da história do Barcelona.62 Nessa coletiva, o argentino também argumentou sobre Pep Guardiola, o elogiando e apontando-o como o homem mais importante do clube na atualidade. O seu companheiro de equipe, Cesc Fàbregas comentou brevemente seus momentos de convívios com Messi, classificando-o como uma pessoa humilde, trabalhador e que gosta de jogar futebol.63 Um dia mais tarde, o jornal espanhol AS noticiou que aos 13 anos, no ano de 2000, Lionel Messi teria recebido uma sondagem do Real Madrid, quase fechando o acerto64 . O ex-jogador do Barcelona, Valencia e da Seleção Brasileira, Romário foi outro que deu a sua opinião sobre Lionel Messi. Em uma entrevista, Romário disse que para ser o melhor teria que passar Diego Maradona, e depois o supera-lo, e em seguida superar Pelé e ganhar uma Copa do Mundo com sua seleção.65 No dia 17 de Março, marcou um belo gol diante do Sevilla, que garantiu os três pontos do Barcelona na competição, ficando sete atrás do Real Madrid. A vitória foi por 2-0, para Messi, mais uma grande marca batida. Se tornou um dos únicos jogadores da história do clube catalão a chegar na incrível marca de 150 gols em campeonatos nacionais. Naquela altura, já estava há 5 gols de superar César Rodriguez e se tornar o maior artilheiro da história do Barcelona.66 Recentemente, foi feito uma correção no histórico de estatísticas dos jogadores do Barcelona, César Rodríguez, maior artilheiro da história do clube, tem 232 gols marcados com a camisa do Barcelona, o que faz com que Messi fique apenas há dois gols de supera-lo.

Em 4 de Abril de 2012, Lionel Messi protagonizou uma vitória de 3-1 sobre a equipe do AC Milan, da Itália pela UEFA Champions League. Em um polêmico jogo envolvendo os árbitros e os jogadores do time italiano, o atacante argentino marcou dois gols, todos eles de pênalti. A vitória encaminhou o Barcelona para uma incrível sequência de cinco semifinais seguidas na competição europeia. O resultado sobre o Milan resultou num jogo contra o Chelsea valendo vaga para a final. Nessa mesma semana, liderou o clube catalão a mais uma vitória no Campeonato Espanhol, sobre o Real Zaragoza por 4-1, com mais dois gols.68 No dia 10 de sbril, Messi marca mais um gol na vitória de 4-0 contra o Getafe no Camp Nou. Semanas se passaram, e Messi jogou ao lado de Pedro e Sánchez, o primeiro jogo da semi final da UEFA Champions League, contra o Chelsea, e acabou sendo derrotado por 1-0, gol do marfinense Didier Drogba.

2012-13
Durante o primeiro jogo do Barcelona da temporada contra o Real Sociedad, Messi continuou a marcar gols na vitória por 5 a 1 no Camp Nou. Messi acrescentou mais um gol de pênalti na vitória por 3 a 2 contra o rival Real Madrid no jogo de ida da Supercopa de Espanha em Barcelona em 23 de agosto.69 Ele fez mais um gol contra o CA Osasuna na vitória por 2 a 1 fora de casa.70 Messi acrescentou mais um gol de falta, na segunda partida da Supertaça de Espanha, mas o Barcelona ??com 10 jogadores, perdeu para o Real Madrid e ficou como vice-campeão.71 Ele marcou o seu 15º gol no clássico contra o Real Madrid, que fez dele o artilheiro do Barcelona em jogos Clasico, colocando-o amarrado com Raúl , atrás apenas de Alfredo Di Stefano, com 18 gols.72 73 Marcou dois gols na vitória sobre o Spartak Moscou por 3 a 2 dentro de casa em 20 de setembro.Em 11 de novembro, bateu o recorde de Gerd Müller e Pelé após marcar o seu 76º gol na temporada 2012-13, contra Mallorca.75 76 E marcou o seu 78º gol contra o Real Zaragoza.77 Messi marcou duas vezes contra o Spartak Moscou na vitória por 3 a 0 fora de casa.78 Marcou duas vezes contra o Athletic Bilbao e atingiu a marca de 84 gols na temporada.79 Fez novamente dois gols em 9 de dezembro, e bateu a marca de Müller de 85 gols em 1972, contando com clube e seleção.80 81 Atingindo a marca de 86 gols na temporada.82 83 Em 12 de dezembro, marcou duas vezes contra o Córdoba.84 85 Em 16 de dezembro, fez dois gols na vitória sobre o Atlético Madrid por 4 a 1.86 87 Fez um gol contra o Real Valladolid e aumentou sua marca para 91 gols.88 Disputou a FIFA Ballon d'Or com Andrés Iniesta e Cristiano Ronaldo e novamente ficou como favorito.89 Ganhou o quarto prêmio como melhor do mundo entrando na história como o primeiro jogador há ganhar 4 vezes o prêmio.

Após ganhar seu quarto prêmio seguido como melhor do mundo, Messi deu uma entrevista ao canal de ESPN.91 92
O Meu objetivo é continuar crescendo não ficar satisfeito com aquilo que tenho. Gostaria de ter conquistado mais títulos no ano passado.    
E semanas depois Messi renovou com o Barcelona até 2017.93 Presidente Sandro Rosell anunciou a renovação de contrato com o argentino.94 95 96 97 Marcou um gol em 10 de fevereiro, contra o Getafe em mais uma vitória por goleada dentro de casa por 6 a 1.98 99 Fez dois gol contra o Granada em 16 de fevereiro, e virou o jogo para sua equipe por 2 a 1 fora de casa.100 E alcançou seu gol 300º no Barcelona.101 Marcou mais um contra o Sevilla em vitória por 2 a 1 dentro de casa.102 103 Fez um gol contra o Real Madrid na segunda partida contra o rival mas desta vez pelo campeonato espanhol perdendo o jogo por 2 a 1 após empatar jogo aos 18 minutos do primeiro tempo.104 105 E igualou Di Stéfano ex-maior artilheiro da história do clássico com 18 gols.106 Marcou agora na vitória do Barcelona por 2 a 0 no Deportivo La Coruña em 9 de março.107 Conquistou a classificação sobre o Milan no dia 12 de março, após marcar dois gols e ver sua equipe fazer mais dois vencendo o jogo de goleada por 4 a 0, ficando 4 a 2 no agregado.108 109 Marcou mais dois gols depois da partida contra o Milan, no Camp Nou sua equipe venceu o jogo por 3 a 1 com gol de Villa.110 111 Atingiu o recorde de marcar 19 vezes consecutivas no campeonato espanhol na partida contra o Celta de Vigo em 30 de março.112 113 Marcou o primeiro gol no jogo entre Paris Saint-Germain e Barcelona no empate por 2 a 2 com gol de Matuidi aos 46 minutos do segundo tempo em 2 de abril.114 115 Entrou no segundo tempo em 27 de abril, contra o Athletic Club, e marcou o gol que assegurou o empate em 2 a 2.116

Seleção argentina

                          2005: O começo e destaque no sub-20
Em 2005, após a primeira matéria sobre Messi na revista El Gráfico e o destaque no time principal do Barcelona, foi imediatamente convocado para ser o astro da seleção argentina Sub-20 no mundial, e assim, para acabar de vez com as intenções da Espanha de naturalizá-lo.9 No Campeonato Mundial de Futebol Sub-20 de 2005 disputado na Holanda, comandou bem sua equipe na primeira fase, marcando gol contra o Egito e fazendo boas partidas diante de seleções de peso como Estados Unidos e Argentina, grandes candidatas a título.
Messi na Copa América contra a Bolívia.
Na fase final, espantou o mundo com suas atuações decisivas, belos dribles e movimentação em campo, além dos belos gols marcados. Em 22 de junho, nas oitavas de final, num jogo diante da Colômbia, foi decisivo ao marcar o gol de empate, que logo depois, resultou em virada em 2-1 e classificação. Três dias mais tarde, contra a Espanha, seleção que o almejava, marcou um dos três gols na vitória por 3-1. Os outros dois foram marcados por Oberman e Zabaleta. Nas semifinais, participou de um jogo considerado dos mais emocionantes do campeonato. Em seu primeiro clássico contra o Brasil, marcou um gol logo aos 7 min, terminando em 2-1 e garantindo a classificação para a grande final contra a Nigéria, onde marcou dois gols e sacramentou o título argentino. Ao fim do campeonato, não foi só eleito o melhor jogador da final, como também, o ganhador da Bola de Ouro, equivalente ao de melhor jogador do torneio, e também a chuteira de ouro, dada ao artilheiro. Naquela altura, já jogava suas primeiras partidas oficiais na seleção profissional da Argentina.


                           2006: Copa do Mundo na Alemanha
Depois de ser uma importante peça na conquista da UEFA Champions League 2005-06 com o Barcelona ao lado de Ronaldinho, o torcedor argentino passou a cobrar o técnico José Pekerman para a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2006, realizada na Alemanha. Contra a Costa do Marfim, passou o jogo no banco e assistiu a vitória por 2-1. Sua primeira partida em uma Copa do Mundo aconteceu no jogo seguinte da fase de grupos, contra a Sérvia e Montenegro, jogo onde fez história. Com 18 anos e 357 dias de idade, tornou-se o quinto jogador mais jovem a marcar um gol numa Copa do Mundo, ao marcar o último da goleada por 6-0 que sacramentou a classificação para a próxima fase. O bom desempenho chegou a coloca-lo entre os titulares para o grande jogo contra a Holanda. Ele esteve em campo até a metade do segundo tempo de partida, quando foi substituído por Cruz, jogo que terminou em 0-0, mas pelo critério de saldo, classificou a Argentina em primeiro lugar.Nas oitavas de final, contra o México, ficou boa parte no banco de reservas, quando substituiu Saviola aos 38 minutos do segundo tempo. Participou da prorrogação, onde chegou a marcar um gol na partida, que acabou sendo anulado pelo árbitro. Mesmo assim, sua equipe acabou vencendo por 2-1, jogo que marcou a classificação as quartas de finais e seus 19 anos completados. Se servir de consolo, ao menos Messi conseguiu ir para a Copa, pois sua convocação foi dúvida até às vésperas do prazo final para a convocação, em maio.117 Nas vésperas do jogo contra a Alemanha, acabou perdendo espaço e ficando no banco de reservas. Nesse duelo, sua seleção acabou sendo eliminada nos pênaltis e ficando fora do grupo dos quatro melhores colocados.

2007: Copa América na Venezuela
No ano seguinte, esteve em seu melhor momento com a seleção ao marcar 6 gols e 3 assistências em 13 jogos disputados. Vestindo a camisa 18, fez belas participações nas vitórias de 4-1 sobre os Estados Unidos, 4-2 contra o Colômbia, e mais 1-0 diante do Paraguai, o que os colocaram como grandes favoritos ao título. Messi, no entanto, acabou passando em branco na primeira fase, prometendo um rendimento melhor na fase seguinte. No dia 8 de julho marcou seu primeiro gol em um jogo de Copa América, contra o Peru, garantindo a vaga para as semi finais do torneio. Três dias depois, em 11 de julho, fez sua melhor participação no torneio, marcando um gol contra o México na vitória por 3-0. Porém, na final, diante do Brasil, acabou sendo derrotado por 3-0 e terminando o torneio como vice campeão e 2 gols marcados em 6 jogos disputados118 . No restante do ano, realizou um desempenho melhorado, marcando mais 11 gols e fechando o ano há um pé das Olimpíadas de Pequim.

2008: Olimpíadas de Pequim
Lance da partida semifinal dos Jogos Olímpicos de 2008 entre Brasil e Argentina: Messi dribla o defensor brasileiro Rafinha.
A partir da derrota na final da Copa América, a seleção argentina passou por um processo de reformulação no elenco, dispensando aqueles mais experientes e trazendo novas caras, algumas até novidades no elenco. Messi, porém, foi um dos únicos a se manter, sendo apontado como o grande líder do time para os anos que estavam por vir. No ano de 2008, foi convocado pelo treinador Sergio Batista para a disputa dos Jogos Olímpicos de Pequim. Na fase de grupos, contra a Costa do Marfim, marcou um dos gols da vitória por 2-1. Na sequencia, participou também dos jogos contra a Austrália e a Sérvia, ambos vencidos. Colocando a Argentina com 9 pontos em 9 disputados e com uma das melhores campanhas da primeira fase.
No dia 18 de agosto de 2008 marcou um gol contra a Holanda aos 14 minutos de jogo, no tempo seguinte, sua equipe acabou cedendo o empate com gol de Bakkal. Na prorrogação, classificou-se com gol de Di María. No grande duelo das semi finais contra a seleção brasileira, reeditando a final da Copa América que acontecera há exatos um ano atrás, Messi foi decisivo e brilhou ao lado de Riquelme e Aguero, que marcaram os gols na vitória por 3-0, sacramentando a classificação para a final das Olimpíadas. Era a terceira final de Messi em quatro competições disputadas. Na final contra a Nigéria, lembrando a final do campeonato sub-20 e com quase os mesmos elencos, Messi participou do gol que deu o título aos argentinos119 . Ao fim do torneio, foi eleito um dos melhores atletas dos jogos olímpicos, quadro que também teve a presença de César Cielo, Kobe Bryant, Michael Phelps, Usain Bolt, Yelena Isinbayeva e outros.

 2010: Copa do Mundo na África do Sul
Outro momento memorável contra os rivais deu-se no mesmo ano, nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, sendo aplaudido pela torcida brasileira no 0-0 entre as duas seleções, em jogo realizado no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Entretanto, na mesma temporada em que se consagraria no Barcelona com a "tríplice coroa", passou a ter atuações aquém do esperado na seleção, sendo bastante criticado pela mídia argentina por não repetir os mesmos desempenhos que faz com a camisa do Barcelona.
Leo foi convocado para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. O argentino fez uma Copa abaixo do que se esperava dele. Após uma fantástica temporada no Barcelona, Messi não marcou nenhum gol no Mundial da África do Sul, apesar de ter tido várias chances, a principal delas acertou a trave. A Argentina terminou eliminada nas quartas-de-final, após uma convincente vitória por 4-0 da Alemanha. Apesar do desempenho abaixo do esperado, Messi concorreu ao prêmio Bola de Ouro do torneio, entregue pela FIFA ao melhor jogador do mesmo. Entretanto, acabou perdendo para o uruguaio Diego Forlán, um dos artilheiros da Copa.Quatro meses após o fim da Copa do Mundo, em novembro, num amistoso contra o arquirrival Brasil, Messi mais uma vez destacou-se contra os brasileiros. O empate sem gols permanecia até os acréscimos da partida, quando Leo arrancou desde o meio-de-campo e quase que sem marcação, muito provavelmente pela exaustão dos zagueiros adversários próximo ao fim do jogo, pôde finalizar sem grandes dificuldades da entrada da área, decretando a vitória argentina pelo placar mínimo.


  2011: Copa América na Argentina
Encerrando o ano com vitória diante do rival, Messi teve a dura responsabilidade de ser o grande astro da Argentina na nova edição da Copa América, que seria realizada no país da capital Buenos Aires. Recém campeão da Champions League com o Barcelona, Messi ganhou a camisa 10 do treinador Sergio Batista e fez trio de ataque com Ezequiel Lavezzi e Kun Aguero. A parceria rendeu belos gols e a classificação com um desempenho muito abaixo do esperado para a próxima fase, onde sua equipe acabou ficando em segundo lugar, ficando atrás da Colômbia. Na fase de grupos, sua equipe empatou com a Bolívia de Marcelo Moreno em 1-1, após sair perdendo de 1-0. Logo em seguida, empate em 0-0 com a Colômbia de Falcao García. Os primeiros três pontos de sua equipe na competição foi uma vitória sobre a Costa Rica por 3-0.Messi com o rendimento baixo, acabou recebendo criticas da imprensa argentina. Nas quartas de final, contra o Uruguai, acabou sendo eliminado nos pênaltis. Ao fim do torneio, Messi terminou sem fazer um gol sequer. A campanha abaixo do esperado resultou na demissão do treinador Sergio Batista e a contratação de Alejandro Sabella, que o anunciou como novo capitão da seleção, aumentando sua responsabilidade.

 2012
Messi com Kun Agüero em amistoso contra a Suíça.
Com o pouco futebol apresentado na Seleção Argentina nos últimos anos em comparação ao que produz no Barcelona, o treinador Alejandro Sabella, que foi contratado no meio do ano de 2011 e após a precoce eliminação dos hermanos na Copa América, informou aos noticiários que em seu time, Messi seria nomeado o capitão, o que o traria mais responsabilidade e experiência.Em sua primeira partida no ano de 2012, rendeu o esperado de Messi, o atacante argentino pela primeira vez em sua carreira faz um hat-trick com a camisa de sua seleção. O feito aconteceu contra a Suíça, no dia 1 de março no Stade de Suisse, Wankdorf, localizado na cidade de Berna, capital da país. Ao fim desse jogo, Messi saiu bastante aplaudido pelos próprios torcedores suíços e levou a bola do jogo para casa. Com esses três gols, Messi chegou aos 22 pela seleção, se tornando o quinto maior artilheiro da história da equipe, superando o antigo atacante Leopoldo Luque. Num amistoso realizado em 15 de agosto, chegou ao seu 27º gol pela seleção, na vitória por 3-1 sobre a Alemanha, jogo realizado em Frankfurt. Marcou um gol de pênatli contra a Venezuela na vitória por 3 a 0 em 22 de março de 2013.

 Comparações com Maradona
Messi durante a jogada do gol contra o Getafe, muito semelhante ao de Maradona.
Têm sido cada vez mais frequentes as comparações ao que é considerado a maior lenda do futebol argentino, não só pela forma explosiva de jogar, mas também pelos gols parecidos com os de Maradona que tem marcado ao serviço do Barcelona. Um deles, contra o Getafe, lembrou o gol mais famoso do Pibe, contra a Inglaterra, na Copa do Mundo FIFA de 1986, driblando vários adversários em aceleração, inclusive o goleiro, e finalizando com um toque sutil para o fundo das redes. Messi também faria o seu gol de mão contra o Espanyol, da mesma forma que Maradona fizera também contra os ingleses. Assim como Maradona, Messi também tem baixa estatura e é canhoto, além de ambos terem passado pelo Newell's Old Boys e pelo Barcelona ao longo de suas carreiras.No dia 22 de fevereiro de 2012 Diego Maradona revelou estar cansado de suas comparações com Lionel Messi. Segundo Maradona, ele suplicaria para deixar o jogador do Barcelona em paz até que ele encerre sua carreira como jogador de futebol.“Lionel Messi está fazendo as coisas muito bem como para que o comparem comigo. Mas vejam que eu fiz minha carreira, e ele está fazendo a sua. Ao final de uma carreira um pode dizer “este foi melhor” ou “gostei mais desse”. Eu me rio quando a gente diz “é melhor que Maradona”. Deixemo-lo escrever sua própria história, e ao final de sua carreira um pode decidir quem é o melhor.”    
— Diego Armando Maradona

Rivalidade com Cristiano Ronaldo

Desde o ano de 2007, quando foi indicado pela primeira vez entre os finalistas para melhor jogador do mundo, começou a grande rivalidade dentro dos campos com o português Cristiano Ronaldo, que na época, era o principal jogador do Manchester United, da Inglaterra. Nesse ano, ambos perderam o prêmio para o brasileiro Kaká, do Milan, da Itália. Na ocasião, Messi recebeu o prêmio de segundo melhor jogador do mundo após o erro de Pelé, que o tinha entregado a Cristiano Ronaldo, o terceiro colocado.124 No ano de 2008 o prêmio ficou com o português que garantiu o título da Liga dos Campeões, Messi ficou em segundo. No ano de 2009, a rivalidade da dupla aumentou quando Barcelona e Manchester United foram finalistas da UEFA Champions League. O jogo terminou em 2-0 para os catalães, com gol de Messi, o segundo da partida. Nesse ano, o argentino levou a melhor, ficando em primeiro lugar na votação, e levando o prêmio de melhor do mundo.125 Meses depois de ganhar o título europeu, Cristiano Ronaldo anunciou sua transferência ao Real Madrid, clube da Espanha. De lá pra cá, ambos tem brigado pelas artilharias dos principais campeonatos do continente. Em uma entrevista, Cristiano chegou a afirmar que Messi e ele são impossíveis de comparar.

Messi ao lado de Cristiano Ronaldo num duelo entre Portugal e Argentina.
    Messi e eu somos como uma Ferrari e um Porsche, impossíveis de comparar.    
— Cristiano Ronaldo
No ano de 2010 foi novamente o melhor jogador do mundo, desbancando Cristiano Ronaldo e passando a frente do atacante do Real Madrid no número de prêmios. No ano seguinte, ambos se enfrentaram na final da Copa del Rey de 2011, competição a qual os merengues venceram com gol de Cristiano Ronaldo. Dias mais tarde, Messi brilhou no clássico válido pela Liga dos Campeões ao marcar dois gols no Estádio Santiago Bernabéu e a classificação para a final. Em 2011, disputando com Xavi, Ronaldo e Messi foram finalistas da Bola de Ouro de 2011, vencida pelo argentino. Na ocasião, Ronaldo não pode comparecer na cerimônia, o francês Zinedine Zidane, grande estrela do Real Madrid e Juventus, foi o representar. Mesmo com a rivalidade dentro do campo, Messi e Cristiano Ronaldo revelam-se ser fãs um do outro, sendo grandes amigos. Na temporada 2011, ambos terminaram com 53 gols, sendo os lideres mundiais.

Vida pessoal

 Personalidade
Apesar do assédio que carrega por ser o melhor jogador de futebol da atualidade, Messi aparenta ser uma pessoa extremamente quieta, reservada, certas vezes tímida e bastante humilde. Ao contrário da maioria dos jogadores do seu círculo de amizades e do seu patamar de fama, sempre se mostrou distante das noitadas e das badaladadas boates espanholas.Interessado pela íntima e pouco divulgada vida pessoal de Messi, o jornalista e escritor Leonardo Faccio, conterrâneo do jogador e que também reside em Barcelona, escreveu "Messi, El chico que siempre llegaba tarde" ("Messi, o menino que sempre chegava atrasado", em espanhol), livro publicado pela editora Debate. Por incumbência de sua editora, Faccio tentou se aproximar de Messi durante muito tempo, conhecendo a personalidade do jogador. Na obra, o escritor apresenta Messi como um garoto jovem e aparentemente simples, diferente da grande maioria dos garotos de sua idade e seu poder aquisitivo, mas que ao mesmo tempo é uma pessoa complexa.128 No total, Leonardo conseguiu apenas uma entrevista de 15 minutos com Lionel no ano de 2008, o suficiente para saber que "suas palavras limitam mais do que explicam" e, portanto, optou por se aproximar dele através de "mais de cem" pessoas do seu círculo social, dentre eles jogadores, treinadores e amigos próximos ao jogador.Às vezes nos esquecemos que Leo é muito novo. Por sua personalidade, passa boa parte do dia dormindo e permanece boa parte de seu tempo conectado através de um BlackBerry, que utiliza para se comunicar com seu círculo mais íntimo de amigos.    
— Leonardo Faccio, autor de uma obra sobre a vida pessoal de Messi.128
O livro também mostra o jogador como uma pessoa extremamente tímida, que foge da mídia e que odeia se ver jogando.


    De fato, Leo não gosta de ver o jogo de futebol. Só gosta de jogá-lo. Cada derrota é como o fim do mundo para ele.    
— Faccio em outro trecho da obra.
Facci lembrou também que, pelo que conheceu de Messi, uma derrota com a seleção argentina carrega uma carga emotiva bastante diferente do que quando ocorre um fracasso pelo clube catalão.No Barcelona, existem pessoas que podem consolá-lo. Na Argentina, mais que o choro, existe frustração e impotência. Ali querem que ele tenha um papel que ele jamais assumiu. O de protagonista, de carregar a equipe nas costas    
— Concluiu Faccio.
 Mídia
Lionel Messi é o jogador mais assediado dos últimos anos, o tamanho sucesso dentro de campo, rendeu ser garoto propaganda dos jogos de vídeo game, Pro Evolution Soccer nas edições de 2009 e de 2011, coincidentemente nos anos em que teve mais sucesso e títulos, como a Liga dos Campeões. Também marcou presença na capa do jogo no ano de 2010, porém ao lado de Fernando Torres, atacante espanhol na época do Liverpool.


 Relacionamentos
No início de 2011 Messi colocou um fim num relacionamento de longa data que mantinha com a também argentina Antonella Roccuzzo,129 que ele conheceu ainda durante a sua infância em Rosário. Pouco tempo depois, em agosto do mesmo ano, os dois demonstraram publicamente ter reatado o romance ao serem fotografados juntos na ilha de Ibiza, leste da Espanha, durante as férias do jogador.130 Em Novembro de 2012 Lionel e Antonella tiveram o seu primeiro filho, Thiago Messi Roccuzzo, nascido em Barcelona.

Patrocinadores
Adidas: É uma empresa alemã de equipamentos esportivos, considerada uma das maiores do mundo.
EA Sports: É a linha de games esportivos da EA (Electronic Arts).
Pepsi: É uma marca de um refrigerante com sabor de cola que possui mais de 100 anos de história. A marca está presente em 75 países nos cinco continentes.
Herbalife: É uma multinacional estadunidense presente hoje em 76 países, que atua na indústria de nutrição humana, distribuindo seus produtos através de marketing de rede, onde cada elemento é um distribuidor independente.
Dolce & Gabbana: É uma internacionalmente famosa marca italiana criada pelo estilista siciliano Domenico Dolce. A grife é muito popular entre estrelas como Madonna, Gisele Bündchen, Monica Bellucci, Ayumi Hamasaki, Isabella Rossellini e Kylie Minogue.
Audemars Piguet: É uma marca de relógios criada na Suíça.
Chery: É uma indústria automobilística estatal da China.
Air Europa: É uma companhia aérea espanhola fundada em 1986, com sede na cidade de Palma de Mallorca. É a divisão aérea do grupo Globália. Desde 1991, a Air Europa tem como meta estabelecer-se como uma das companhias aéreas mais modernas da Europa.