Marcadores

quarta-feira, agosto 17, 2016

O PENSAMENTO


pensamento
a) Pensamento – O que é? – Tem ele força? – Qual?
O pensamento é uma manifestação do espírito, que, para tanto, utiliza‐se
de seu livre‐arbítrio. Quando o emitimos, ele se materializa e ganha o espaço, por
intermédio do fluido cósmico em que estamos mergulhados. Uma vez exteriorizado
por  esse  fluido, pode  ser recepcionado  por  outro  Espírito, encarnado ou
desencarnado. Porém, os desencarnados têm maior facilidade de captá‐lo, devido
ao fato de sua capacidade perceptiva não se encontrar embaraçada pela matéria
densa.  Alguns, contudo, têm essa  faculdade desenvolvida  o  bastante para lhes
permitir que, embora encarnados, tenham a percepção do pensamento de outrem.
b) Campo mental é o mesmo que pensamento?
O campo mental ou corpo mental, como preferem alguns autores, tem a
sua  sede  no espírito. Segundo André  Luiz, em outra  de  suas obras, o  livro
EVOLUÇÃO  EM DOIS  MUNDOS, é  “o  envoltório  sutil da  mente",  ainda não
suscetível de ser definido. Por ora, limitando‐nos ao quanto nosso estágio evolutivo
permite depreender, podemos dizer que é a parte do espírito que envolve a mente,
mais  sutil ainda  do  que o  perispírito. Segundo alguns autores, seria um quarto
elemento de  que se  compõe o homem, ao  lado dos três outros que os Espíritos
informaram a Allan Kardec (espírito, perispírito e corpo físico).
c.‐ Mente – O que é? – Qual sua importância? – Por quê?
Em poucas palavras, podemos definir a  mente  como sendo  a  parte  do
Espírito  que  o  dirige. É o  elemento  de  maior importância  para  ele, chegando, mesmo, alguns, a confundi‐la com o próprio Espírito. É a responsável pela produção
do pensamento e pela formação do corpo espiritual (perispírito), que a espelha e
que, por sua  vez, vai servir de molde  à formação do  corpo físico. Por tudo isso,
podemos dizer que somos o resultado da nossa mente ou, até, que somos a mente.

 
do livro-O PENSAMENTO  Rodrigo Félix da Cruz